11ª FELIS 2017 » NOTÍCIAS » 13/11/2017 - Programação da 11ª FeliS recebe 23 convidados nacionais
13/11/2017 - Programação da 11ª FeliS recebe 23 convidados nacionais

13/11/2017

Programação da 11ª FeliS recebe 23 convidados nacionais

 

Diversidade de expressões em programação para todas as idades, a 11ª Feira do Livro de São Luís continua nesta terça-feira (14), das 10h às 22h, no Centro Histórico (Praia Grande). A poetisa, jornalista, cantora e atriz brasileira, Elisa Lucinda, é a conferencista da noite, com a palestra "A palavra é poder", às 20h, no Anfiteatro Beto Bittencourt, com mediação da professora doutora Mary Ferreira da Universidade Federal do Maranhão. A FeliS é uma promoção da Prefeitura de São Luís com o apoio do Governo do Estado e acontece até o próximo dia 19.

Com programação cultural, no Palco FeliS tem contação de história com o Laborarte às 10h. O espaço recebe contação de história, às 15h, com a TAPETE Criações Cênicas, e às 16h com o Xama Teatro, e o espetáculo "Os Telepatas", de O circo tá na rua, às 18h. Além da conferência de Elisa Lucinda no Anfiteatro Beto Bittencourt, terá contação de história com Tamara Marques, às 17h, seguido de apresentação do Bloco Tradicional 'Os Feras'. Na rua de entrada tem às 15h a apresentação "O Realejo", com Gilson Cesar.

Além disso, os auditórios da Casa do Maranhão recebem a partir das 10h programação. O Auditório 1 (Raimunda Pereira) é comandado pelas Secretarias de Estado da Juventude, Igualdade Racial e da Mulher. Nesta terça-feira (14) terá pela manhã o Coletivo Quebradeiras e às 15h será a vez da roda de conversa "O racismo e o preconceito na escola: como isso influencia na vida do jovem?", com os Secretários de Estado Tatiana Pereira (SEEJUV), Gerson Pinheiro(SEIR) e Terezinha Fernandes (SEMU), e mediação de Ananda Ribeiro (SEEJUV). Logo após será exibido Vidas Cruzadas, no CINEJUV (Auditório 1).

No Auditório 2 (Úrsula) pela manhã tem a palestra "Acessibilidade; Educação Especial, Altas habilidades, Superdotação" com a Prof. Drª Cristina Delou (PUC/SP), Sandraeliza Mota (SEMED/NEECAHS) e Marilda de Fátima Lopes Rosa (UEMA), a mediação é da Prof. Drª Dalvina Amorim Ayres (SEMED). Às 14h o espaço recebe o debate "Educação Literária e Formação de Leitores: Múltiplos Olhares", com a Profª. Dra. Sonia Almeida (UFMA/DEL), a Profª. Dra. Leoneide Maria Brito Martins (UFMA/DEBIB), a Profª. Dra. Marise Marçalina de Castro Silva Rosa (UFMA/DEL), e mediação de Márcio Henrique Almeida (Secult). Em seguida, terá a palestra "Literatura Infantil Maranhense" com Sharlene Serra, Anisia Nascimento, Wilson Marques, Natinho Costa Fênix, e mediação de Maria Clea Nunes (UFMA). Ainda no mesmo local, a palestra "A literatura Maranhense no cenário nacional: um celeiro de escritores", com Sebastião Moreira Duarte (AML) e mediação de Benedito Buzar (AML) finalizam a programação do espaço neste dia.

Já no Auditório 3 (Cantos a Beira Mar) tem às 14h a roda de conversa "Educação na diferença: por uma igualdade de gênero e raça no ensino brasileiro", com Josédla Fraga Costa Carvalho(CEUMA) e Tatiane Silva Sales (UFMA), a mediação será feita pela Dra. Cidinalva Silva Câmara Neris (UFMA). Em seguida o espaço recebe "Patrimônio Cultural do Maranhão", com Paulo Melo (Diretor do Convento das Mercês), Deusdedith Carneiro (Diretor do Centro de Pesquisa de História Natural e Arqueologia do Maranhão), Luís Eduardo Longhi (Superintendente do Patrimônio Cultural do Maranhão), Luiz Phelipe Andrés (Diretor do Centro Vocacional Tecnológico Estaleiro Escola), e mediação de Amanda Moura Cruz (Superintendência de Patrimônio Cultural). Às 17h, tem "Relato de experiência: Curso EAD Letras Libras" com as proessoras Lorena Batista, Walquíria Dias e Daniela Luna.

Na Sala Multimídia (Cine Praia Grande - Odylo Costa, filho), às 16h tem o Mini Curso "A Trajetória de Maria Firmina dos Reis", com Maria Natividade Silva Rodrigues e Prof° Herli de Sousa Carvalho. Ainda no Odylo Costa, filho, no Café Literário, a partir das 14h tem "Formação Continuada dos monitores do Programa Mais Educação" e em seguida o Sarau musical "Brilhando no café: Maria Firmina em verso e prosa", da Escola de Música Lilah Lisboa. Finalizando o café desta terça (12) tem o debate "Novos rumos da literatura brasileira, ilustração e texto no contexto da igualdade racial", com o co. Maurício Pestana. Mediação: Professor Antonio Evaldo Barros (UFMA/UEMA).

O Espaço Viriato Corrêa (Casa do Maranhão), tem programação da Coordenação do Livro Didático e Infantil (SAEI/SEMED), das 13h às 18h30. O espaço conta com contações de histórias, sendo elas: Vaca Mimosa, As Mentiras de Beth Barata, Bruxa Bruxa Venha a Minha Festa, Parlenda, Os Três Porquinhos (em LIBRAS), O Patinho Feio (em LIBRAS), A Casa Sonolenta, A Maior Boca do Mundo, O Bicho Folharal, A Lenda da Criação da Noite, Gato Xadrez, Dez Sacizinhos, A História Bela do Gato e da Panela, A Criação do Mundo, A Cobra Arco-íris, Girafa sem Sono, A Lenda da Serpente, A Lenda do Sapo e a Cobra, O Noivo da Ratinha, Nicola A Borboleta de Uma Asa Só, Jabuti com Asas, A Dona Aranha, A Cobra e o Sapo, As Fábulas de Esopo (Livro Pop Up) e Charalina.

O Espaço Centro de Cultura da Vale, no Espaço Babaçu, tem apresentação do C.E.I. Maria Mônica Vale, sobre os Romances regionalistas Brasileiros da década de 30: Vidas Secas, O Quinze. Já no Auditório C.E.I. Barjonas Lobão tem Danças Regionais. Já a Galeria Nauro Machado (Odylo Costa, filho), tem às 14h a Oficina Literatura afro-brasileira e Prática Pedagógica, com o Prof. Mestre Richard Chistian Pintos dos Santos, e mediação de Francilene Cardoso.

A Casa do Escritor Maranhense (Cine Praia Grande) recebe os lançamentos de livros de Raquel Gomes Noronha; Andréa Costa; Gisele Saraiva; Marcio Guimarães e Raiama Portela, do Ciranda de Saberes, com a obra "Percursos cartográficos e práticos artesanais em Alcântara e na Baixada Maranhense". Além disso será lançado por escritores mirins da NEECAHS/SEMED a coletânea "Histórias Fortuna do Céu", "Sou Benedito/Conto do dia/ Buba/ O mercenário" por Diego Pires Araújo, e "Diário Mágico: um segredo para contar", de Sharlene Serra.

CONVIDADOS NACIONAIS

Todos os anos, a Feira do Livro oportuniza os ludovicenses e visitantes a agregarem mais conhecimentos com os conferencistas nacionais. A programação é composta por 23 convidados nacionais, entre os nomes que integram a programação a cantora e rapper Negra Li, Eduardo Assis Duarte (MG), Luiza Lobo (RJ), Rafael Balseiro Zin (SP), Jhow Carvalho (SP), Algemira de Macedo Mendes (PI), Nilma Lino Gomes (MG), Cristina Delou (RJ), Paulo Lins (SP), Bruno Ramos da Silva (SP), Isabel Mayer (SP), Ana Maria Gonçalves (SP), Mauricio Pestana (SP), Marcia Evelin de Carvalho (PI), Rosane da Silva Borges (SP), Silvana Cristina de Oliveira Niemczewski (SC), Mel Amaro Duarte "REOCUPA" (SP), Luciana Aline Aparecida Ribeiro "REOCUPA" (SP), Renata Costa, Elaine Pinheiro, Guilherme Relvas (MinC) e Gustavo Lacombe (RJ).

Nesta terça-feira (12) será a vez da poetisa, jornalista, atriz e cantora Elisa Lucinda. A artista foi um dos galardoados com o Troféu Raça Negra 2010 em sua oitava edição, na categoria Teatro. Também foi premiada no cinema pelo filme 'A última Estação', de Marcio Curi, no qual protagoniza o personagem Cissa. A estreia do filme foi no Festival de Brasília de 2012. Além de conhecida pelos seus inúmeros espetáculos e recitais em empresas, teatros e escolas de todo o Brasil, Lucinda tem atuado em telenovelas da Rede Globo, a exemplo de Mulheres Apaixonadas, Páginas da Vida, Insensato Coração e Aquele Beijo, esta última no começo de 2012.

PROGRAMAÇÃO

Nesta segunda-feira (13) a Feira foi aberta com a palestra "Cidadania e corrupção em nosso dia a dia", ministrada pelo Procurador da República Hilton Araújo de Melo, para 45 anos do Centro de Ensino Erasmo Dias (Maiobão – Paço do Lumiar). Na oportunidade, o procurador levantou provocações aos estudantes sobre pagamento de impostos, tributos que o cidadão paga e com isso tem direito de utilizar os serviços públicos, incentivando-os a não se acomodarem, controlar e cobrar do poder público a aplicação dos recursos captados. Segundo ele, a prática de reivindicar seus direitos ajuda no combate a corrupção. Ele também citou exemplos de outros países mais desenvolvidos, como Naruega e Canadá, que capta aproximadamente 40% do que o cidadão ganha, semelhante ao Brasil, mas aplica da forma correta.

Os estudantes do 1º, 2º e 3º ano fizeram várias intervenções, levantando questões como a corrupção que prejudica a distribuição de renda no país. Para Kennedy Anderson, do 2º ano, a palestra alertou sobre várias questões do cotidiano. "Pudemos ver que a política nada mais é do que um reflexo do que vivemos em nossas casas e este debate nos motivou e ensinou como podemos reivindicar nossos direitos e contribuir para um país melhor". A atividade também contou com a distribuição de material de divulgação do MPF: turminha do MPF, cartilhas de temáticas variadas e cartilhas da Safernet.

A programação também contou com a palestra "Gênero e raça na literatura brasileira pós lei 10.639", com o ex-secretário de Igualdade Racial do município de São Paulo, Maurício Pestana, e mediação do professor doutor Antonio Evaldo Almeida Barros (UFMA/UEMA). No Café Literário teve sarau musical "Brilhando no café: Maria Firmina em verso e prosa", da Escola de Música Lilah Lisboa, e o debate "Quem é essa tal juventude negra", com Bruno Ramos (SP), e mediação de Jaine Santos.

No Palco FeliS teve contação de história com o Xama Teatro às 10h, e o grupo se apresentou às 14h30 no Teatro Alcione Nazaré e novamente no Palco FeliS às 16h. O Laborarte fez contação às 15h e às 17h no Palco FeliS. O Teatro Alcione Nazaré recebeu também o espetáculo "O Caso da Galinha Bujica", com alunos do Odylo, às 15h30. O Anfiteatro Beto Bittencourt recebeu o espetáculo "O Circo de dois palhaços Só", da Cia Cambalhotas. Na rua de entrada teve apresentação "O Realejo", com Gilson Cesar, e "Um passarinho me ensinou", do COTEATRO.

O Espaço Viriato Corrêa teve programação da Rede de Bibliotecas Comunitárias Ilha Literária, com atividades para o público infantil. No Espaço Casa do Maranhão, o Auditório 1 (Raimunda Pereira) apresentou programação das Secretarias de Estado da Juventude, Igualdade Racial e da Mulher. Teve roda de conversa sobre Estatuto da Igualdade Racial, com Socorro Guterres, e sobre Feminicídio, com Susan Lucena e Marjorie Matos, além de exposições e entretenimentos.

No Auditório 2 (Úrsula) teve a palestra "Políticas Públicas do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas no Brasil, Maranhão e São Luís", com Renata Costa, Carlos Wellington, Thaís Rodrigues e mediação de Aline Nascimento, além da palestra "Educação na diferença: por uma igualdade de gênero e raça no ensino brasileiro", com Josédla Fraga Costa Carvalho (CEUMA), Tatiane Silva Sales (UFMA) e mediação da Dra. Cidinalva Silva Camara Neris (UFMA). O auditório também debateu sobre "A literatura Maranhense sendo descoberta como fonte de pesquisa no meio educacional", com Samuel Barreto, Wybson Carvalho, Elizeu Cardoso, e mediação de Ana Neres. No Auditório 3 (Cantos a Beira Mar), teve a palestra "A Escola sem machismo", com Thais Campos (União Brasileira de Mulheres- MA) e Rosane Borges (USP/SP) e mediação de Nádya Dutra (SEDUC).